Outono!!!! Como amo essa estação! Desde pequena!

Me lembro quando um tio muito querido me perguntou qual era minha estação favorita e eu, sem titubear, falei outono! Naquele momento gostava, porque achava belo o desnudar das árvores; gostava do barulhinho que o vento fazia quando a noite caía; da temperatura mais fresca; da brisa gostosa… Eu falava para ele o que havia aprendido na escola sobre o outono e ele me contava do outono no país de onde ele vinha… das cores, que depois tive a chance de conhecer e me apaixonar!

Estações e movimentos da vida… Em cada tempo nos convidam a refletir e sentir que estamos mais conectados com o todo do que imaginamos… Chega um tempo em que precisamos deixar ir as folhas que um dia foram lindas e nos ornaram tão bem, para nos desnudarmos e enfrentarmos o frio, que o inverno traz. Temos receio em deixar as folhas irem por acreditarmos que, sem elas, passaremos mais frio (e dor!). Mal sabemos que a única forma de sobreviver ao inverno é soltando-as… Elas não sobreviveriam ao inverno. Para enfrentá-lo precisamos estar nus, olhando pra dentro, aprofundando nossas raízes e buscando o alimento que vem da terra.

É tempo de introspecção. O outono é tempo de mudança de um movimento de expansão para um movimento de reconhecimento do que é essencial!

Quando tinha 7 anos ainda não tinha consciência disso, mas já sabia! Renovo, recomeço e consciência plena, que assim seja outono!

Thirza Reis